Volatilidade marca a primeira semana do ano nos mercados mundiais Por Investing.com


© Reuters. Volatilidade marca a primeira semana do ano nos mercados mundiais

Investing.com – Incertezas do fim de 2018 em relação ao crescimento econômico mundial prosseguem na primeira semana do ano, amplificando a volatilidade no preço dos principais ativos financeiros. Logo nas primeiras horas do segundo dia do ano, a China divulgou dado sobre a produção industrial do país em dezembro, que apresentou contração pela primeira vez em 19 meses. A resposta das autoridades chinesas veio na sexta-feira com .

Ainda na quarta-feira, a Apple (NASDAQ:) comunicou a no quarto trimestre de 2018, de US$ 89 bilhões para US$ 84 bilhões, citando vendas menores de iPhones na China e em países emergentes. A redução foi interpretada como um impacto direto da guerra comercial entre EUA e China, pois afeta a cadeia produtiva da Apple, o que levou a uma forte queda nos índices acionários de Wall Street na quinta-feira, com despencando 3,04%, Dow perdendo 2,83% e cedendo 2,48%.

O inesperado anúncio na Apple também repercutiu no mercado de moedas, com o se valendo do seu status de “refúgio seguro” para em relação às principais moedas internacionais, amplificado pela baixa liquidez devido ao fechamento dos mercados japoneses no dia.

O mercado de títulos da dívida pública de 10 anos do Tesouro americano também foi movimentado pela previsão pessimista da Apple. Na quinta-feira, o rendimento destes estava em 2,58%, longe do simbólico 3% que demarcava o aperto da política monetária do Fed, o que elevou para 15,7% a chance de o Fed reduzir os na reunião da Fomc em maio, enquanto a chance de os juros estarem menores em outubro saltou para 30%.

Mas essa expectativa se alterou na sexta-feira. Em entrevista à Associação Econômica Americana, o chairman do Fed, Jerome Powell, dissipou as preocupações do mercado ao afirmar que o Banco Central americano com a evolução dos dados econômicos e aos riscos associados às incertezas econômicas globais, sinalizando que não há um plano para o aumento automático das taxas de juros.

A fala de Powell repercutiu nos mercados acionários de Wall Street, com Dow fechando a sexta-feira em alta de 3,29%, S&P saltando 3,43% e a Nasdaq crescendo 4,26%. Apesar de a promessa de flexibilizar o aperto monetário com a evolução ruim dos dados econômicos, Powell garantiu que a economia americana vive um bom momento.

Dois relatórios sobre o mercado de trabalho divulgados na sexta-feira corroboram a visão do chairman do Fed. O ADP indicou a criação de 271 mil postos de trabalho não-agrícolas em dezembro, contra a expectativa do mercado de 179 mil. Já o Payroll apresentou a geração de 312 mil vagas não agrícolas e aumento da massa salarial no mês passado, mesmo com a elevação da taxa de desemprego nos EUA de 3,6% para 3,9%, devido ao maior número de trabalhadores procurando trabalho.

Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.

Link Original

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *